Grupo JAP Engenharia

Pesquisar
Close this search box.

Produtividade é um termo amplo. Ele pode ser aplicado em diversas áreas, desde marketing digital até construção civil. 

Sendo assim, a produtividade fala sobre a entrega, a qualidade, o tempo e os recursos utilizados para realizar alguma tarefa. Inclusive, quando falamos em recursos, falamos também sobre mão de obra, materiais, entre outras soluções utilizadas em algum trabalho.

Para falar sobre a produtividade na construção civil, fizemos um artigo inteiro sobre isso. Quer entender melhor? Continue com a gente. 

A produtividade na construção civil

Depois que já compreendemos a produtividade de maneira geral, podemos compreender, também, a eficiência e os gastos de qualquer trabalho. Seja da construção civil ou de qualquer outra área. Até porque, é sobre isso que ela fala. 

Segundo o Manual Básico de Indicadores de Produtividade na Construção Civil, “produtividade é a eficiência em transformar recursos em produtos. Tem-se uma melhor produtividade sempre que se demanda menos esforço para se obter um determinado resultado.”

Dessa forma, a produtividade na construção civil fala sobre a melhor maneira de utilizar recursos disponíveis em uma obra. Ou seja: sobre desenvolver estratégias melhores para utilizar o espaço físico, as ferramentas, o tempo e as técnicas de gerenciamento.

Assim, podemos dizer que a produtividade está relacionada com a capacidade de entregar a obra dentro do prazo definido inicialmente. Além disso, ela também fala sobre a habilidade de mensurar a quantidade de insumos, evitando desperdícios. 

Aliás, é importante ter atenção para não confundir a produtividade com a produção. A produção é o resultado de determinada atividade. Ou seja: ela é beneficiada pela produtividade.

Existem algumas dicas para medir se a produtividade está sendo feita com sucesso. Inclusive, nós fizemos um artigo aqui no blog só sobre isso. Para ler, você pode clicar aqui.

Porém, existem dois indicadores muito importantes nesse processo. Vamos ver a seguir.

Indicadores da produtividade na construção civil

Dois indicadores muito importantes para entender a produtividade na construção civil são: RUP – Razão Unitária de Produção e CUM – Consumo Unitário de Materiais.

A RUP – Razão Unitária de Produção – é usada para medir a produtividade a partir do esforço total acumulado. Dessa maneira, para fazer essa avaliação, são considerados os pontos positivos e negativos da obra. 

Assim, utiliza-se a seguinte fórmula:

RUP = Hh / QS,  onde:

  • Hh = homens-hora da equipe disponíveis para o trabalho;
  • QS = quantidade de serviço líquida.

Já a CUM – Consumo Unitário de Materiais mede os desperdícios de materiais, como entulho, furtos, roubos e outros. Nesse caso, para evitar esses problemas, é necessário investir em treinamento e conscientização das equipes.

Para chegar ao indicador CUM, utiliza-se as seguintes fórmulas:

CUM = Qmat / Qserviço, onde:

  • Qmat = quantidade de material.
  • Qs = quantidade de serviço realizada com tal material.

Para interpretar os desperdícios, a fórmula é Perda (%) = Qreal – Qteórica / Qteórica x 100, onde:

  • Perda (%) = perda percentual;
  • Qreal = quantidade de material realmente consumida;
  • Qteórica = quantidade de material teoricamente necessária.

Produtividade na construção civil = qualidade

A produtividade na construção civil é essencial para a qualidade da obra. Isso porque ela foca na melhoria da entrega e no combate aos erros. Dessa forma, para o futuro do setor, é necessário se preocupar com a qualidade dos trabalhos ofertados. 

Tags :

Compartilhar:

Últimos Artigos

Categorias

Tudo sobre Construção Civil.
Uma melhor produtividade na construção civil acontece quando se demanda menos esforço para se obter um determinado resultado.