Grupo JAP Engenharia

Pesquisar
Close this search box.

Construir edificações não é o final do processo, já que ao longo da vida da obra, também deve acontecer a manutenção preventiva de tempos em tempos. 

A construção de edifícios e infraestruturas é um processo complexo e custoso. Ela visa criar ambientes funcionais e seguros para as pessoas. Entretanto, muitas vezes, após a conclusão das obras, a manutenção adequada acaba sendo negligenciada.

É nesse contexto que a manutenção preventiva de construções surge como uma prática fundamental para garantir a durabilidade. Além disso, essa prática gera segurança e valor de qualquer edifício ou estrutura.

O que é Manutenção Preventiva?

A manutenção preventiva é um conjunto de ações planejadas e regulares. O objetivo é evitar ou minimizar o desgaste e a degradação natural que ocorrem ao longo do tempo nas edificações. 

Ao invés de esperar por falhas e problemas para então consertá-los, essa atividade antecipa essas ocorrências, garantindo que a construção funcione corretamente por um período muito maior.

Benefícios da manutenção preventiva em construções

Como vimos, a manutenção preventiva é essencial para a sobrevivência e a segurança das construções. Seja em casas ou prédios. Agora, vamos ver alguns benefícios dessa ação.

  • Aumento da vida útil: a manutenção preventiva aborda problemas antes que se tornem sérios. Assim, ela prolonga a vida útil das construções. Com inspeções e intervenções regulares, é possível evitar que pequenos problemas se tornem grandes dores de cabeça.
  • Redução de custos: embora a atividade demande investimento, ela tende a ser mais econômica a longo prazo do que a correção de danos graves. 
  • Segurança: a manutenção adequada garante a segurança das pessoas que moram ou passam pela edificação. Problemas estruturais ou elétricos podem ser detectados e corrigidos antes que causem acidentes ou coloquem vidas em risco.
  • Valorização do imóvel: construções bem mantidas têm um valor de mercado mais alto. Dessa maneira, proprietários que investem em manutenção preventiva podem esperar uma valorização do seu imóvel ao longo do tempo.
  • Sustentabilidade: ao manter e prolongar a vida útil de uma construção, estamos contribuindo para a sustentabilidade. Além disso, é possível evitar o desperdício de recursos na construção de novas edificações.

Práticas comuns de manutenção preventiva

Realizar inspeções periódicas é a base da manutenção preventiva. Assim, elas podem identificar problemas em estágios iniciais, antes que se tornem mais graves. Além disso, a limpeza adequada e a conservação de superfícies e instalações podem evitar o acúmulo de sujeira, corrosão e danos.

Outra prática comum é a manutenção de equipamentos. Dessa maneira, verifica-se e realiza-se a manutenção dos sistemas mecânicos e elétricos, como elevadores, sistemas de climatização, encanamentos, entre outros. Isso é crucial para garantir o bom funcionamento e evitar falhas.

Corrigir pequenos danos rapidamente também evita que se tornem problemas maiores e mais caros no futuro. Por fim, em alguns casos, a modernização de sistemas pode ser necessária para garantir a eficiência e segurança da edificação.

Manutenção preventiva: inteligência e responsabilidade

A manutenção preventiva é uma abordagem inteligente e responsável para garantir a durabilidade, a segurança e a valorização das construções. Além de aumentar a vida útil das edificações, essa prática também reduz custos e minimiza os riscos para os moradores e passageiros do local.

Proprietários, administradores e gestores de construções devem reconhecer a importância dessa atividade. Sendo assim, é ideal implementar programas adequados para garantir que suas edificações permaneçam em ótimas condições ao longo dos anos. 

Esse é um investimento que traz benefícios significativos a longo prazo e contribui para uma sociedade mais sustentável e segura.

Últimos Artigos

Categorias

Tudo sobre Construção Civil.
Fazer a manutenção preventiva de edificações pode garantir vida longa e, inclusive, segurança para quem aproveita o espaço.