Grupo JAP Engenharia

Pesquisar
Close this search box.

Você já ouviu falar sobre jardins sensoriais? Esses espaços oferecem uma experiência única, envolvendo todos os sentidos humanos em um ambiente harmonioso e estimulante. 

Neste artigo, vamos explorar o que são os jardins sensoriais e como eles podem proporcionar uma conexão profunda com a natureza.

O que são os Jardins Sensoriais?

Projetar os jardins sensoriais é uma forma de estimular não apenas a visão, mas os cinco sentidos humanos: visão, audição, olfato, tato e paladar. Assim, criar esses jardins tem uma finalidade de proporcionar uma experiência multisensorial. 

Dessa forma, permitem que as pessoas explorem e interajam com a natureza de maneira mais profunda e significativa.

Elementos-chave dos Jardins Sensoriais

Para entender melhor, vamos explorar cada um dos sentidos que os jardins sensoriais atuam.

Visão: os jardins sensoriais incluem uma variedade de cores, formas e texturas para atrair o olhar e criar uma estética agradável. Utilizar flores, árvores, arbustos e esculturas frequentemente estimulam a visão.

Audição: elementos sonoros, como fontes de água, chimes de vento e até mesmo o canto dos pássaros, são incorporados para criar um ambiente auditivo relaxante e envolvente. Isso atua diretamente no bem-estar de quem está no espaço.

Olfato: plantas aromáticas, como lavanda, rosas e ervas, são escolhidas estrategicamente para encher o ar com fragrâncias agradáveis. Dessa forma, a ideia é estimular o olfato e criando uma atmosfera perfumada.

Tato: caminhos de pedra, cascalho, madeira e outras superfícies táteis convidam as pessoas a tocarem e explorarem o ambiente. Incorporar texturas variadas em toda a paisagem também é uma opção.

Paladar: alguns jardins sensoriais incluem plantas comestíveis, como ervas e frutas, permitindo que os visitantes experimentem os sabores da natureza.

Benefícios dos Jardins Sensoriais

Trabalhando os cincos sentidos, esse tipo de espaço pode atuar diretamente no relaxamento e bem-estar dos visitantes.

Assim, a interação com a natureza em um jardim sensorial pode proporcionar uma sensação de calma, reduzir o estresse e melhorar o humor.

A exploração multisensorial também desafia a mente e ajuda a melhorar as habilidades cognitivas, especialmente em crianças e idosos.

Além disso, eles promovem uma conexão mais profunda com o ambiente natural e incentivam a apreciação da biodiversidade.

Esses jardins são muitas vezes projetados para serem acessíveis a pessoas com deficiências, tornando a experiência sensorial inclusiva. Inclusive, usar é possível como ferramentas educacionais para ensinar sobre plantas, ecossistemas e a importância da conservação.

Criando um Jardim Sensorial próprio

Se você está interessado em criar um jardim sensorial em sua casa ou comunidade, comece identificando quais sentidos deseja estimular. Escolha plantas, materiais e elementos de acordo com suas preferências e objetivos. 

Com um planejamento cuidadoso, você pode criar um espaço único que envolva os sentidos de forma encantadora.

Os jardins sensoriais são uma celebração da conexão humana com a natureza. Eles nos lembram da riqueza e da beleza que podemos encontrar quando nos envolvemos plenamente com o mundo natural. 

Últimos Artigos

Categorias

Tudo sobre Construção Civil.
Os Jardins Sensoriais podem trabalhar com o seu bem-estar e trazer relaxamento para todos os visitantes. Já ouviu sobre isso?